Trânsito na Presidente Vargas

Trânsito na Presidente Vargas

 

Faço agora meu relato de vida direto do front. Estou no meio do trânsito do Rio, engarrafado Presidente Vargas, em frente à Central do Brasil.
Tentando vencer a labirintite que me ataca cada vez que o ônibus chacoalha, eu digito do meu telefone celular, então não sei se isso dará certo e me desculpem os eventuais erros deste post. Aproveitem também que estäo de coração aberto e perdoem os erros dos anteriores, por falta de uma formação decente deste que vos escreve com dois polegares doídos na frente de uma telinha minúscula.
A lei da Física é ignorada por aqui e todos querem ocupar o espaço de todos. Faróis são lançados na traseiras de outros, na esperança de pulverizar o indivíduo de sorte que está dois metros a frente.
Dentro do ônibus que me encontro o pessoal se vira como pode. um senhor tem uma lampada amarrada na testa para ler seu livro e o gordo aqui é alvo de bolsas das pessoas que passam. Mas sou paciente. acredito que, em mais uma hora esse transtorno passa e saio deste balançar que me faz pensar que estou num barco… Alguém tem um remedinho pra enjôo aí?

______

Para dar uma balanceada, vou inaugurar uma nova seção aqui, chamada “Coisas que vejo pelo caminho…” onde pretendo mostrar coisas interessantes ou apenas corriqueiras que vejo nas minhas descobertas aqui no Rio.

Fotos na ponte Rio-Niterói em alta velocidade:

 

img222

img224

img226

Uma senhora chinesa vendo o canal chinês em Rio Comprido, perto da Estácio de Sá.

img227

Anúncios